Os cães precisam de dentes limpos?

A saúde oral do seu cão é um elemento essencial para o seu bem-estar geral. Os cães geralmente começam a mostrar sinais de doença periodontal (doença da gengiva) quando atingem cerca de 3 anos de idade.

Este início precoce da doença dentária pode ter sérias consequências negativas para a sua saúde a longo prazo.

Em humanos, estudos mostraram uma ligação entre doença periodontal e doença cardíaca e isso também parece ser verdade para nossos animais de estimação.

A ligação entre doenças cardíacas e doenças periodontais em cães se deve a bactérias que entram na corrente sanguínea pela boca, prejudicando a função cardíaca e causando problemas em outros órgãos.

Esses problemas de saúde se somam ao problema mais óbvio de dor causada por gengivas corroídas e dentes danificados ou ausentes, e dever ser procurado por um laboratório veterinário.

Rotinas de cuidados com a saúde bucal em casa combinadas com guloseimas dentais podem ajudar muito seu cão a manter os dentes limpos e controlar o acúmulo de placa bacteriana e tártaro.

No entanto, a melhor forma de garantir que a boca do seu cachorro se mantenha limpa e saudável é levá-lo ao veterinário para um exame dentário anual e limpeza de higiene.

Negligenciar a limpeza profissional anual pode colocar seu cão em risco de desenvolver gengivite, doença periodontal, mau hálito e, em casos graves, dor, cárie dentária e perda de dentes.

Quais são os riscos da limpeza dos dentes caninos?

Qualquer procedimento realizado sob anestesia apresenta riscos, é por isso que nossos veterinários avaliam todos os animais de estimação para garantir que eles sejam saudáveis ​​o suficiente para lidar com a anestesia e realizamos diagnósticos adicionais.

Os cães precisam de dentes limpos?

Se necessário, para garantir que um exame odontológico enquanto anestesiado seja seguro para seu animal de estimação.

Onde posso limpar os dentes do meu cão? Quando devo limpar os dentes dos meus cães?

Para ajudar a prevenir que seu cão desenvolva cárie dentária e doença periodontal, nossos veterinários recomendam levar seu cão para uma consulta odontológica pelo menos uma vez por ano, ou com mais frequência se ele estiver sofrendo de problemas dentários mais graves ou recorrentes. .

Assim que seu animal de estimação estiver sedado com segurança, faremos um exame completo dente por dente, completo com gráficos (assim como seu dentista faz durante seus exames).

Enquanto colocamos seu cão sob anestesia com segurança e conforto, limpamos e polimos completamente os dentes de seu filhote, tanto acima quanto abaixo da linha da gengiva.

Sondamos e tiramos um raio-x dos dentes e, em seguida, para ajudar a proteger contra cáries e danos futuros, usamos um tratamento com flúor antes de aplicar um selante dentário para evitar o acúmulo de placa.

Se o seu cão sofre de doença periodontal avançada, trabalharemos com você para desenvolver um plano de tratamento para ajudar a restaurar a boca do seu cão a um estado saudável e sem dor.

Quais são os sinais de problemas dentários em cães?

Quando você leva seu cão ao Hospital para um check-up odontológico, nossos veterinários realizam um exame oral completo em seu cão e verificam se há sinais de problemas dentários, como:

  • Dentes extras ou dentes de leite retidos
  • Sangramento ao redor da boca
  • Inchaço ou dor dentro ou ao redor da boca
  • Acúmulo de placa ou tártaro nos dentes
  • Dentes descoloridos
  • solto ou
  • dentes quebrados
  • Mal hálito

Se você detectar sintomas de doença periodontal em seu animal de estimação, como redução do apetite (que pode ser uma indicação de dor de dente), mastigação anormal, baba, queda de comida pela boca, mau hálito ou outros sintomas, entre em contato com seu veterinário imediatamente.

Para agendar uma consulta odontológica para o seu animal de estimação. Problemas de saúde bucal podem se tornar graves se não forem tratados e causar muita dor e desconforto ao seu animal de estimação.

Quanto tempo leva para um cachorro se recuperar da limpeza dos dentes?

Todos os cães são diferentes, mas você pode esperar que seu cão comece a se recuperar do anestésico em algumas horas, embora em alguns casos possa levar de 24 a 48 horas para se recuperar totalmente. Durante esse período, seu cão pode parecer sonolento e ter apetite reduzido.

Quanto custa a limpeza dos dentes do cachorro?

O custo da limpeza dental do cão varia muito devido a vários fatores, incluindo o tamanho do seu cão, a condição dos dentes do seu cão, onde você mora e seu veterinário individual.

Entre em contato com seu veterinário para obter uma estimativa precisa para limpar os dentes do seu cão.

Devo escovar os dentes do meu cachorro?

Como dono de um animal de estimação, você desempenha um papel essencial em ajudar seu cão a combater doenças dentárias. Aqui estão algumas maneiras fáceis que você pode ajudar a manter a boca do seu cão saudável e como limpar os dentes do seu cão:

  1. Use uma escova de dedo do seu veterinário ou uma escova de dentes infantil para escovar os dentes do seu animal de estimação diariamente para remover qualquer placa ou detritos. É tão simples quanto escovar os próprios dentes. Se o seu cão resiste a limpar os dentes, experimente uma pasta de dentes para cães com sabores que o seu cão achará irresistíveis. Esses cremes dentais especiais podem transformar uma tarefa em um deleite.
  2. Use um produto de prevenção de placa (seu veterinário pode recomendar alguns), que você pode aplicar nos dentes e gengivas do seu animal de estimação. Esses produtos agem como uma barreira para evitar o acúmulo de placa.
  3. Ofereça guloseimas ao seu filhote, como mastigações dentais ou alimentos projetados para ajudar a prevenir o acúmulo de placa e tártaro.

O atendimento odontológico é uma parte importante da saúde geral do seu animal de estimação. Certifique-se de marcar hoje a consulta odontológica anual do seu animal de estimação, seu cão agradecerá.…

Proteção contra incêndios em escolas e universidades

Manter os alunos, professores e visitantes protegidos em caso de incêndio envolve sistemas de proteção contra incêndio e protocolos de segurança contra incêndio como o alvará AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

Sistemas de proteção contra incêndio bem mantidos e totalmente operacionais podem extinguir um incêndio ou, em casos mais graves, fornecer aos ocupantes do edifício o tempo necessário para sair do local com segurança.

Os protocolos de segurança contra incêndio mantêm todos informados e preparados para que saibam o que fazer e para onde ir em caso de um incêndio.

Sistemas de proteção contra incêndio

Ter sistemas de proteção contra incêndio adequados e operacionais é um componente rico da segurança contra incêndio em escolas e universidades. Esses sistemas devem ser inspecionados e testados pelo menos uma vez por ano de acordo com os códigos de incêndio para garantir que estejam em bom estado de conservação e funcionando como pretendido.

Proteção contra incêndios em escolas e universidades

Extintores de incêndio

Extintores de incêndio portáteis devem estar localizados em locais acessíveis em todos os andares de cada edifício. Os funcionários devem saber onde estão e como operá-los. Pessoal treinado pode usar extintores de incêndio para impedir rapidamente que um pequeno incêndio se espalhe. Isso irá diminuir danos e riscos para as pessoas presentes no edifício.

Detectores de fumaça de amostragem de ar

Os detectores de fumaça de amostragem de ar estão constantemente testando as partículas de combustão no ar, tornando-os o detector mais rápido disponível.

Eles são uma boa opção para escolas e campi porque a detecção precoce dá a todos no prédio mais tempo para deixar o local. A detecção e notificação precoce também oferecem tempo suficiente para localizar e extinguir um incêndio antes que ele se espalhe.

Sprinklers de fogo

Aspersores de incêndio de resposta rápida são o sistema preferido para instalações com alta ocupação. Esses sprinklers são ativados mais rapidamente do que os sprinklers de incêndio padrão para dar aos ocupantes tempo para sair.

Independentemente de você instalar sprinklers padrão ou de resposta rápida, todas as instalações educacionais devem ser totalmente verificadas.

Planos de segurança contra incêndio

Mesmo com os melhores sistemas de proteção contra incêndio, é importante ter planos de segurança contra incêndio organizados para fornecer saída rápida e ordenada em caso de incêndio.

Esses planos devem ser revisados ​​com frequência e atualizados para refletir quaisquer modificações no edifício ou mudanças na ocupação.

Sistema de notificação em massa

Um sistema de notificação em massa permite que os ocupantes do edifício sejam alertados rápida e claramente para uma variedade de situações de emergência.

Isso inclui incêndios, mau tempo, atiradores ativos ou qualquer outra emergência que exija comunicação imediata com muitas pessoas.

Alto-falantes internos, sistemas de alto-falantes externos, mensagens de texto em massa e e-mails podem ser utilizados para alertar a todos sobre o perigo específico e fornecer instruções sobre como permanecer seguro e desocupar o local.

Simulações de Incêndio e Evacuação

Os exercícios de incêndio e evacuação são o exercício de segurança contra incêndio mais importante que você pode fazer. Realize exercícios regularmente para aprender e manter o conhecimento das rotas de saída e das melhores práticas de eficiência.

Isso pode ser usado como uma oportunidade para identificar áreas problemáticas e pontos de estrangulamento de saída e para garantir que os ocupantes entendam todas as instruções fornecidas pelo alarme de incêndio ou sistema de notificação em massa.

Exercícios podem ser usados ​​para atualizar os planos conforme necessário para levar em conta edifícios novos ou reformados, crescimento de alunos e outras mudanças que possam afetar a saída de emergência.

Verificações de dormitório

É vital garantir que todos os dormitórios sejam totalmente pulverizados, tenham um sistema de alarme de incêndio adequado e operável, incluindo detecção total de fumaça, e que esses sistemas sejam inspecionados de acordo com os códigos de incêndio locais.…